Strange Love

terça-feira, 5 de julho de 2011


 Estranhamente amor. Estranhamente sinto muita falta. Falta de sua presença. Eu sinto cada dia passando com o peso de uma tonelada. Lembrava-me, ainda cedo, de quando tudo era cor-de-rosa ao seu lado. De como os problemas pareciam pequenos quando você prometia ficar ao meu lado sempre. Lembrava-me como me sentia segura no seu abraço. Como teus beijos juravam amor eterno. Teu toque tão suave, protetor. Éramos nós, agora sou Eu e você. Distantes. Ainda não entendi como tanto amor acabou do dia para a noite. Era mesmo amor? Havia tanto sentimento, tanto carinho, dedicação, e agora só há indiferença. Dois estranhos num ambiente. Você tranquilo. Eu rindo com tamanha ironia, mas por dentro dor. Por dentro choro inconformada com sua frieza. Eu queria de volta o rapaz apaixonado que conheci e que fez questão de me conquistar. Fui atrás, tentei voltar ao teu coração, mas você fugiu, pôs uma fechadura no peito, criou um mundo particular, no qual eu não posso entrar. Por isso deixo aqui todo meu sentimento por você, querido. Você sumiu, desapareceu da minha vida. Agora sou  eu que me despeço de ti, por que teu telefonema de hoje cedo só fez crescer a indignação que sinto com tamanho cinismo. Não posso perder tempo com você, que me fez sofrer tanto. Agora sou eu que não te conheço mais. É tarde. O estrago foi feito. Somos oficialmente estranhos.



7 comentários:

  1. "Fui atrás, tentei voltar ao teu coração, mas você fugiu, pôs uma fechadura no peito, criou um mundo particular, no qual eu não posso entrar."

    É assim, na maioria das vezes. A pessoa vai se distanciando, criando barreiras entre aquilo que era e o que devia ser e a gente se encontra no meio de alguém que se quer conhecemos. Porque a pessoa não se deixa conhecer mais. E dói isso.

    Lindo texto.

    ResponderExcluir
  2. Sempre quando o amor acaba a gente se pergunta qual foi o momento que as coisas pararam de dar certo,mas é sempre assim,no final todos viram estranhos.

    http://www.imodelblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. sempre acaba dói né ;(
    porem o texto tá lindo *-*
    bjs meninas

    ResponderExcluir
  4. nossa sem duvida agora só resta relevar o passado e viver o presente e aguardar ansiosamente o que o futuro tem a oferecer.

    ResponderExcluir
  5. Oii estou te seguindo!
    Ficarei muito feliz se vc visitar o meu blog e me seguir tb :)
    Bjs

    http://conversadeblogueiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. oi... vi seu blog numa comu do orkut
    tow te seguindo
    retribui a força lá !?

    www.ouvindoparalamas.blogspot.com

    abraços

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que lindo texto.
    Sabe, quando o nós se torna eu e você é realmente dificil,mais temos que superar, não é? e colocar no papel todo esse sentimento faz bem, então,continue a escrever e libere tudo que há dentro de ti. Belo texto.
    http://senhoritaliberdade.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Quando for postar um comentário, favor usar a opção Nome/URL. Obrigada.







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!