Meu eterno País das Maravilhas

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Sempre fui sonhadora, um tanto romântica e atraída pelas fantasias. Meus pensamentos sempre estiveram vagando por aí, nunca parados em um só lugar. Várias ideias se formavam em minha cabeça, muitas delas sem nenhum sentido. As minhas ilusões eram minha realidade, minha rotina. E eu nem sequer me cansava delas.

Posso afirmar que sempre tive um lado Alice, curiosa a ponto de correr atrás de um coelho branco, apressado para chegar a algum lugar, segurando um relógio como se disso dependesse sua vida. Nunca estive conectada ao que chamamos de "mundo real" - na verdade, eu estava me aventurando por caminhos desconhecidos que nunca davam em lugar algum.

O País das Maravilhas sempre foi o meu refúgio: lá eu entrava em minhas alucinações, caminhava sob as folhas, conversava com flores, comemorava um "desaniversário", participava de um chá de malucos e saudava uma distinta rainha. Era nesse mundo estranho, então comum para mim, que eu encontrava a coragem para tirar os pés do chão e voar.

A Alice cresceu, e eu também. A vontade de seguir o coelho branco, ficar maior que uma casa, diminuir ao ponto de conseguir passar por uma mini fechadura e ganhar conselhos de uma lagarta acompanharam-me nesse tal crescimento. E, talvez, isso tenha feito toda a diferença.

Algum dia, como Alice, terei de dizer adeus às maravilhas desse mundo e encontrar o caminho correto, onde vou precisar prosseguir sem saber onde chegar. Mas, mesmo com tantos sentimentos confusos, o medo não se encontra entre eles: pois, lá no fundo, sei que sempre encontrarei um coelho branco, apressado, para me guiar.



8 comentários:

  1. Aaaaaaaaah , guria como você escreve bem *-*
    A última frase descreve tudo: apesar de que a gente tem que crescer, sempre vai ter alguém, um porto seguro para nos guiar.
    beijos fofa
    blogloucamistura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá! Belo post, ameei o texto. Bela escrita voce tem. beeijos

    @Raah_Castroo
    www.vidaadegarotaa-vdg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Você escreve super bem ,parabéns .
    http://sweetdreamssah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Own, que texto lindo! Adoro o, digamos, "estilo Alice de ser". ♥
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Quanto talento para escrita você tem né Juu?
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. lindo, lindo, lindo
    Crescer não significa abandonarmos nossas fantasias, mas tentar moldá-las a nossa realidade.
    Com certeza o coelho branco sempre irá no guiar...e acredito que este seja o nosso coração.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    awn seu texto falou tudo que estou pensando em alguns dias, sempre tive um mundo alternativo onde as coisas eram melhores (:
    você escreve hiper bem!
    parabéns pelo blog e pelo texto!
    beijos e sucesso (:

    ResponderExcluir

Quando for postar um comentário, favor usar a opção Nome/URL. Obrigada.







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!